Ibraop participa de reunião da Comissão de Mobilidade Urbana da Atricon


 

O Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop) participou, nesta quarta-feira (19), em São Paulo, da primeira reunião da Comissão Temática de Gestão da Mobilidade Urbana – uma das 11 instituídas pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon). O objetivo é elaborar minutas de resoluções contendo diretrizes para o controle externo sobre o tema.

O presidente, Pedro Jorge Rocha de Oliveira, a diretora administrativa, Adriana Cuoco Portugal, e o presidente do Conselho Deliberativo do Ibraop, Emerson Augusto de Campos, estavam presentes nessa reunião de trabalho, sediada pelo Tribunal de Contas do Município de São Paulo. “Foi um debate produtivo, pois se avançou bastante no texto inicial da minuta de resolução, pelo interesse e capacidade de síntese dos participantes”, informou o presidente do Ibraop.

Além dos representantes do Ibraop, também participaram da reunião outros dois integrantes da comissão – Zilter Bonates da Cunha (TCE-SP) e Bruno Martinelo Lima (TCU) – um representante do TCM-RJ, Rafael Dângelo Visconti – e quatro, do TCM-SP – Ayrton Neiva Jr, Ivan Junciocri de Arauz, Antônio Almeida de Sousa e Ari de Soeiro Rocha. Os trabalhos foram acompanhados pelo assessor de Planejamento e Gestão da Atricon, José Luciano Sousa de Andrade (TCE-PB).

MOBILIDADE URBANA – De acordo com a Portaria n. 17/2018 da Atricon, esses critérios de Gestão da Mobilidade Urbana levantados pela comissão serão futuramente considerados na aplicação do Marco de Medição de Desempenho dos Tribunais de Contas do Brasil, o MMD-TC – avaliação anual com vistas ao aperfeiçoamento e a padronização do sistema de controle externo.

A versão preliminar das diretrizes de cada uma das 11 comissões temáticas devem ser elaboradas até o dia 1º de outubro para que, nos dias 2 e 3, em reunião a ser realizada no Instituto Serzedello Corrêa – ISC, em Brasília (DF), os tópicos e a metodologia das comissões sejam validadas pela Comissão Central do MMD-TC.

Veja Também

PUBLICIDADE E NÚMERO DE CONCORRENTES SÃO DETERMINANTES PARA VANTAGEM EM PROCESSO LICITATÓRIO DE OBRAS

Quando sete ou mais empresas concorrem em um processo licitatório, maior o desconto e, consequentemente, a vantagem de contratação...

Continue lendo

TCE E CREA-PR firmam nova parceria para o controle das obras públicas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PR) e o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) firmaram,...

Continue lendo

Ibraop discute projeto de Sistema Nacional de Controle de Obras Públicas

O projeto para a elaboração de um sistema capaz de monitorar obras públicas no país foi discutido e avaliado...

Continue lendo

Workshop rodoviário da Agetop deve reunir mais de 1500 pessoas

Mais de 1.500 participantes são esperados no Workshop Rodoviário 2017, coordenado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop),...

Continue lendo

Resolução aprovada pelo TCE-GO adota as diretrizes de OT do Ibraop

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) estabeleceu parâmetros técnicos mínimos para projetos básicos de obras públicas a serem...

Continue lendo

Certificados do Enaop 2017 já estão disponíveis

Os participantes do Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas – o Enaop 2017 – já podem ter...

Continue lendo

AGENDA DE REUNIÕES – 2018

Para o curso dos trabalhos, foram programadas as seguintes reuniões presenciais para este exercício de 2018: I – Grupo...

Continue lendo

ACORDO DE COOPERAÇÃO E ATOS ADMINISTRATIVOS

Acordo de Cooperação Ibraop x IRB   ATO 02/2013 Dispõe sobre a elaboração, divulgação e capacitação de procedimentos para...

Continue lendo

TRIBUNAIS DE CONTAS ASSOCIADOS AO IBRAOP

  Desde 2006, o Ibraop tem firmado Termos de Cooperação Técnica com Tribunais de Contas, tendo como objetivo principal...

Continue lendo