Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas

Categoria: Notícias

A Assembleia Geral Ordinária do Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop) – realizada nesta segunda-feira (5), antes do início da programação do XVIII Simpósio Nacional de Auditoria de Obras Públicas | SINAOP, em João Pessoa (PB) – foi marcada pela unânime aprovação da prestação de contas do exercício financeiro de 2017. O relatório

Três irregularidades se destacaram no relatório anual de consolidação das fiscalizações de obras Tribunal de Contas da União (TCU), o Fiscobras 2018: são elas “Sobrepreço/Superfaturamento” (1.331 achados); “Projeto básico deficiente, inexistente ou desatualizado” (1.158 achados); e “Falhas na composição de custos expressos na planilha orçamentária” (749 achados). Os dados foram retirados de um universo de

“Sem dúvida alguma, essa iniciativa é de fundamental importância, no sentido de buscar solução para esses empreendimentos inacabados”. A declaração foi feita pelo presidente do Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop), Pedro Jorge Rocha de Oliveira, tão logo foi anunciada a criação de comitê formado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pelos

Back to Top