Ibraop publica e envia a autoridades ‘Carta Aberta sobre Obras Públicas Inacabadas no Brasil’


“A existência de obras paralisadas no Brasil não é um problema em si mesmo, mas o sintoma mais grave da negligência dos governos em todas as fases da realização de obras públicas, desde o planejamento até a execução”. A afirmação foi feita em ‘Carta Aberta sobre Obras Públicas Inacabadas no Brasil’, assinada por membros do Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop) e enviada para o presidente da República, todos os representantes da Câmara e do Senado, entre outras autoridades.

O documento congrega considerações e sugestões de melhorias levantadas durante o Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas, realizado no último mês de setembro, em Vitória (ES). Segundo ele, pouco ou nenhum resultado prático surgiu após a apresentação de relatórios de obras inconclusas apresentados à sociedade. Pelo contrário, é contínuo “o descaso à correta utilização das técnicas de engenharia para planejar, projetar, contratar, executar, fiscalizar e operar as obras públicas neste país”.

A Carta Aberta também aponta outras causas para o acúmulo de obras inacabadas no Brasil, entre elas, o desmantelamento das áreas técnicas de engenharia dos órgãos públicos e o desrespeito às Leis Orçamentárias e seus respectivos Planos Plurianuais.

O Ibraop, ao fim, sugeriu algumas ações pela transformação da infraestrutura do país, tais como a criação de um Cadastro Nacional de Obras Públicas e a estruturação das unidades técnicas de engenharia de todas as esferas do Governo: “(…) não há outro caminho para bem realizar obras de engenharia se não aquele no qual se utilizam as técnicas pertinentes e específicas dessa área de atuação”, defende.

Carta Aberta sobre Obras Públicas Inacabadas no Brasil’ foi enviada, ainda, aos principais veículos de comunicação do país. Leia AQUI a íntegra do documento e compartilhe seu conteúdo por meio de nossas redes sociais (Twitter, Instagram e Facebook @ibraop)!

Veja Também

PUBLICIDADE E NÚMERO DE CONCORRENTES SÃO DETERMINANTES PARA VANTAGEM EM PROCESSO LICITATÓRIO DE OBRAS

Quando sete ou mais empresas concorrem em um processo licitatório, maior o desconto e, consequentemente, a vantagem de contratação...

Continue lendo

TCE E CREA-PR firmam nova parceria para o controle das obras públicas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PR) e o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) firmaram,...

Continue lendo

Ibraop discute projeto de Sistema Nacional de Controle de Obras Públicas

O projeto para a elaboração de um sistema capaz de monitorar obras públicas no país foi discutido e avaliado...

Continue lendo

Workshop rodoviário da Agetop deve reunir mais de 1500 pessoas

Mais de 1.500 participantes são esperados no Workshop Rodoviário 2017, coordenado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop),...

Continue lendo

Resolução aprovada pelo TCE-GO adota as diretrizes de OT do Ibraop

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) estabeleceu parâmetros técnicos mínimos para projetos básicos de obras públicas a serem...

Continue lendo

Certificados do Enaop 2017 já estão disponíveis

Os participantes do Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas – o Enaop 2017 – já podem ter...

Continue lendo

AGENDA DE REUNIÕES – 2019

Para o curso dos trabalhos, foram programadas as seguintes reuniões presenciais para este exercício de 2018: a – Grupo...

Continue lendo

ACORDO DE COOPERAÇÃO E ATOS ADMINISTRATIVOS

Acordo de Cooperação Ibraop x IRB   ATO 02/2013 Dispõe sobre a elaboração, divulgação e capacitação de procedimentos para...

Continue lendo