Ibraop poderá realizar curso sobre procedimentos de auditoria de obras rodoviárias em 2019


O grupo técnico de procedimentos de auditoria de Obras Rodoviárias propôs ao Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop) a realização de um curso sobre sua temática em 2019. Esse e outros assuntos debatidos em nova reunião pelos integrantes, realizada nos dias 8, 9 e 10 de outubro, em Brasília (DF).

“Trata-se de uma capacitação – voltada para auditores – referente aos procedimentos de obras públicas. O plano de ensino do curso já foi discutido entre os integrantes do grupo e deverá ser aprovado na segunda reunião dos laboratórios, durante a realização do XVIII SINAOP, em novembro.”, informou a coordenadora do grupo e também diretora administrativa do Ibraop, Adriana Cuoco Portugal.

Os trabalhos de elaboração dos procedimentos, de acordo a coordenadora, estão avançando – especialmente os que dizem respeito à avaliação do volume de vazios da camada de asfalto.

Esse grupo tem contado com a participação de auditores dos Tribunais de Contas da União, do Distrito Federal, do Município de São Paulo e dos Estados do Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Pernambuco, Roraima, Rio Grande do Sul e Piauí, bem como de peritos da Polícia Federal.

OUTUBRO ROSA – Formado por engenheiros, arquitetos e urbanistas, em sua maioria homens, o Ibraop – em especial o grupo procedimentos de auditoria de Obras Rodoviárias – celebrou a presença de tantas mulheres para se manifestar sobre a campanha Outubro Rosa.

A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

Para isso é preciso disseminar informações sobre a prevenção e a detecção precoce da doença. “Deixamos o nosso recado a todas as mulheres: conheçam suas mamas e fiquem atenta às alterações suspeitas. O câncer de mama pode ser detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando assim as chances de tratamento e cura”, informou Adriana Portugal.

Veja Também

PUBLICIDADE E NÚMERO DE CONCORRENTES SÃO DETERMINANTES PARA VANTAGEM EM PROCESSO LICITATÓRIO DE OBRAS

Quando sete ou mais empresas concorrem em um processo licitatório, maior o desconto e, consequentemente, a vantagem de contratação...

Continue lendo

TCE E CREA-PR firmam nova parceria para o controle das obras públicas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PR) e o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) firmaram,...

Continue lendo

Ibraop discute projeto de Sistema Nacional de Controle de Obras Públicas

O projeto para a elaboração de um sistema capaz de monitorar obras públicas no país foi discutido e avaliado...

Continue lendo

Workshop rodoviário da Agetop deve reunir mais de 1500 pessoas

Mais de 1.500 participantes são esperados no Workshop Rodoviário 2017, coordenado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop),...

Continue lendo

Resolução aprovada pelo TCE-GO adota as diretrizes de OT do Ibraop

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) estabeleceu parâmetros técnicos mínimos para projetos básicos de obras públicas a serem...

Continue lendo

Certificados do Enaop 2017 já estão disponíveis

Os participantes do Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas – o Enaop 2017 – já podem ter...

Continue lendo

AGENDA DE REUNIÕES – 2019

Para o curso dos trabalhos, foram programadas as seguintes reuniões presenciais para este exercício de 2018: a – Grupo...

Continue lendo

ACORDO DE COOPERAÇÃO E ATOS ADMINISTRATIVOS

Acordo de Cooperação Ibraop x IRB ATO 02/2013 Dispõe sobre a elaboração, divulgação e capacitação de procedimentos para auditoria...

Continue lendo