Espírito Santo tem 56 obras paralisadas, orçadas em 840 milhões de reais


O Estado do Espírito Santo tem, atualmente, 56 obras paralisadas, orçadas em R$ 844.169.959,90. A capital Vitória é a cidade com maior número de empreendimentos parados: sete, no valor de R$ 293.612.128,00, sendo a construção do Cais das Artes na Enseada do Suá a de maior orçamento (R$ 246.771.048,14)*.

“Obras inacabadas: nada de novo!” também é o tema da palestra de encerramento do Encontro Nacional de Auditoria de Obras Públicas – ENAOP 2019 – evento que será realizado nos dias 11, 12 e 13 de setembro, na sede do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES), em Vitória.

Servidores e dirigentes dos TCs e diversos órgãos de controle envolvidos com obras públicas dos governos federal, estadual e municipal, bem como profissionais dos setores público e privado que exerçam fiscalização, gestão ou execução desse tipo de empreendimento, estão convidados para participar desse debate que será comandado pelos ex-presidentes do Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop) os auditores Narda Consuelo Neiva Silva (TCE-MT) e Pedro Paulo Piovesan (TCE-PR).

Restam poucas vagas, mas as inscrições para o ENAOP 2019 continuam abertas pelo hotsite http://www.ibraop.org.br/enaop2019.

O valor da inscrição é de R$ 850, para associados, R$ 1.100, 00, para jurisdicionados, e R$ 1.700,00, para não associados. Grupos de quatro ou mais pessoas ganham desconto. Cada participante poderá escolher até dois dos três minicursos disponibilizados no evento e já inclusos no valor da inscrição.

*Os dados mencionados acima foram extraídos, no dia 8 de agosto, do banco de dados do GeoObras – o sistema de acompanhamento de obras e serviços de engenharia do TCE-ES, cuja alimentação é de responsabilidade do jurisdicionado, sob pena de multa em caso de descumprimento. Acesse tabela completa AQUI!

Veja Também

PUBLICIDADE E NÚMERO DE CONCORRENTES SÃO DETERMINANTES PARA VANTAGEM EM PROCESSO LICITATÓRIO DE OBRAS

Quando sete ou mais empresas concorrem em um processo licitatório, maior o desconto e, consequentemente, a vantagem de contratação...

Continue lendo

TCE E CREA-PR firmam nova parceria para o controle das obras públicas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PR) e o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) firmaram,...

Continue lendo

Ibraop discute projeto de Sistema Nacional de Controle de Obras Públicas

O projeto para a elaboração de um sistema capaz de monitorar obras públicas no país foi discutido e avaliado...

Continue lendo

Workshop rodoviário da Agetop deve reunir mais de 1500 pessoas

Mais de 1.500 participantes são esperados no Workshop Rodoviário 2017, coordenado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop),...

Continue lendo

Resolução aprovada pelo TCE-GO adota as diretrizes de OT do Ibraop

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) estabeleceu parâmetros técnicos mínimos para projetos básicos de obras públicas a serem...

Continue lendo

Certificados do Enaop 2017 já estão disponíveis

Os participantes do Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas – o Enaop 2017 – já podem ter...

Continue lendo

AGENDA DE REUNIÕES – 2019

Para o curso dos trabalhos, foram programadas as seguintes reuniões presenciais para este exercício de 2018: a – Grupo...

Continue lendo

ACORDO DE COOPERAÇÃO E ATOS ADMINISTRATIVOS

Acordo de Cooperação Ibraop x IRB   ATO 02/2013 Dispõe sobre a elaboração, divulgação e capacitação de procedimentos para...

Continue lendo