Carta Aberta do Ibraop recebeu apoio de instituições pelo combate às obras paralisadas


As Associações Nacional dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil (ANTC), a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e a Associação dos Auditores do Estado do Espírito Santo (Assaes), entre diversos profissionais de engenharia do país, manifestaram total apoio à ‘Carta Aberta sobre Obras Públicas Inacabadas no Brasil’. 

O manifesto – assinado por membros da Diretoria do Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop) – foi publicado e enviado para o presidente da República, todos os representantes da Câmara e do Senado, entre outras autoridades. O documento congrega considerações e sugestões de melhorias levantadas durante o Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas, realizado no último mês de setembro, em Vitória (ES).

Clique AQUI e acesse Carta Aberta na íntegra!

A Atricon divulgou o conteúdo da carta em seu site, assim como a ANTC, que concordou que as obras paralisadas se tratam de “um sintoma da mais grave negligência dos governos desde o planejamento à execução das obras públicas”.

Diretora de Comunicação do Ibraop, Adriana Cuoco Portugal, entregou a Carta Aberta pessoalmente ao consultor da CNM e engenheiro, Humberto Canuso.

A CNM, também em seu site, disse que há tempos alerta sobre as obras paralisadas e inacabadas no Brasil, problema “que exige soluções urgentes e ações conjuntas”.

Em suas redes sociais, a Assaes frisou que cabe aos agentes de Estado expedir recomendações para que as obras públicas sigam todas as suas fases, com a eficiência e economicidade que a população almeja. Porém, segundo eles, é responsabilidade do gestor público o “se empenhar em  zelar pelo acompanhamento, fiscalização e comprovação da boa e regular aplicação de recursos, assim como pelo cumprimento das obrigações das empresas contratadas”.

Acompanhe  repercussão da Carta Aberta do Ibraop pelo site e redes sociais do Instituto (Instagram e Facebook @ibraop) e, se concordar com a manifestação pela busca de soluções práticas para as obras paralisadas no Brasil, compartilhe o conteúdo em suas páginas pessoais!

Veja Também

PUBLICIDADE E NÚMERO DE CONCORRENTES SÃO DETERMINANTES PARA VANTAGEM EM PROCESSO LICITATÓRIO DE OBRAS

Quando sete ou mais empresas concorrem em um processo licitatório, maior o desconto e, consequentemente, a vantagem de contratação...

Continue lendo

TCE E CREA-PR firmam nova parceria para o controle das obras públicas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PR) e o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) firmaram,...

Continue lendo

Ibraop discute projeto de Sistema Nacional de Controle de Obras Públicas

O projeto para a elaboração de um sistema capaz de monitorar obras públicas no país foi discutido e avaliado...

Continue lendo

Workshop rodoviário da Agetop deve reunir mais de 1500 pessoas

Mais de 1.500 participantes são esperados no Workshop Rodoviário 2017, coordenado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop),...

Continue lendo

Resolução aprovada pelo TCE-GO adota as diretrizes de OT do Ibraop

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) estabeleceu parâmetros técnicos mínimos para projetos básicos de obras públicas a serem...

Continue lendo

Certificados do Enaop 2017 já estão disponíveis

Os participantes do Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas – o Enaop 2017 – já podem ter...

Continue lendo

AGENDA DE REUNIÕES – 2019

Para o curso dos trabalhos, foram programadas as seguintes reuniões presenciais para este exercício de 2018: a – Grupo...

Continue lendo

ACORDO DE COOPERAÇÃO E ATOS ADMINISTRATIVOS

Acordo de Cooperação Ibraop x IRB   ATO 02/2013 Dispõe sobre a elaboração, divulgação e capacitação de procedimentos para...

Continue lendo