XVII Sinaop – São Paulo/SP – 2016


Carta de São Paulo

 

 

Programação

 

 

Palestras:

 

 

• P1. Os Desafios da Infraestrutura Nacional
Prof. Marcos Nobrega  – PHD, Universidade Federal de Pernambuco

 

 

• P3. Supercusto – O Lado Sistêmico do Superfaturamento de Obras Públicas
Mário Cézar Lopes Júnior – Perito Criminal Federal – DPF

 

 

• P4. SICRO – Sistema de Custos Referenciais de Obras
Eng. Luiz Heleno Albuquerque Filho –  Coord. Geral de Custos de infraestrutura de Transportes – DNIT

 

 

• P5. SINAPI – Metodologia e Conceitos
Eng. Tatiana Thomé de Oliveira –  Gerente Executiva – GN Padronização e Normas Técnicas – Caixa Econômica Federal

 

 

• P6. Técnicas econométricas e seu papel inovador no cálculo do sobrepreço: o caso da Lava Jato
Nivaldo Dias Filho e Rafael Martins Gomes – Auditores Federais de Controle Externo, TCU

 

 

• P7. OT IBR 006/2016 –Anteprojeto
Eng. Pedro Paulo Piovesan de Farias – TCE-PR – Vice-Presidente do Ibraop

 

 

• P8. Metodologias do TCU para investigação de obras e empreendimentos de infraestrutura
Eng. Rafael Jardim Cavalcante –  Auditor Federal de Controle Externo, TCU

 

 

• P9. PPP de Iluminação Pública
Guilherme Jardim Jurksaitis – Assessor TCE-SP

 

 

• P10. O Programa Qualidade e Agilidade dos Tribunais de Contas: tendências e desafios
Cons. Valdecir Pascoal – TCE-PE – Presidente da Atricon

 

 

• P11. Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Controle Externo
José Valverde Machado Filho – Secretário de Estado da Agricultura – SP

 


 

Artigos Técnicos:

• A1.1. Gestão Informatizada de Desapropriações
Autor/apresentador: Gean Pires – Analista de Negócio e Heitor Teixeira – Analista de Sistemas – Softplan Planejamento e Sistemas Ltda
(A1.1- arquivo texto)

 

• A2.1 Orientações e Metodologia para análise de custo do Serviço de Coleta e Transporte de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) empregada no Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás
Autoras /apresentadoras: Éricka da Silva Cândido, Mariana Diniz Cabral e Vera de Simone Borma – Auditoras de Controle Externo, TCM-GO
(A2.1- arquivo texto)

 

 

• A2.2 Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos – Estudo de Caso do Programa de Resíduos Sólidos do Estado de Minas Gerais
Autoras/apresentadoras: Valéria Cristina Gonzaga, Adelaide Maria Bittencourt Pinto Coelho e Jacqueline Loures – Analistas de Controle Externo, TCE-MG
(A2.2- arquivo texto)

 

• A2.3 Inspeção Técnica de Auditoria ao aterro sanitário de resíduos sólidos urbanos do Município de Puxinanã-PB
Autor/apresentador: João César Bezerra de Menezes – Inspetor de Obras Públicas, TCE-PB
(A2.3- arquivo texto)

 

• A3.1 SINAPI, uma nova Proposta Metodológica para o cálculo dos custos de grandes obras
Autores /apresentadores: Mauro Biancamano Guimarães – Auditor Federal de Finanças e Controle – Secretaria de Controle Interno da Presidência da República – Ciset/SEGOV-PR – José de Castro Barreto Junior – Auditor Federal de Finanças e Controle, CGU – Silvestre Henrique Ferreira Cerejo –  Auditor Federal de Finanças e Controle, CGU
(A3.1- arquivo texto)

 

• A3.2 Viabilidade de Projetos de Infraestrutura de Grande Porte: uma análise crítica
Autores /apresentadores: David Christian Regis Pereira Grubba, Cynthia de F. Queiroz Berberian e Ivan Lucio Santillo – Auditores Federais de Controle Externo, TCU
(A3.2- arquivo texto)

 

• A3.3 A Utilização de Modelos BIM, apoiado por Sistemas de Gestão de Custos, propiciam obras públicas mais transparentes e orçamentos mais assertivos
Autor/apresentador: Rodrigo Bianchetti – Gerente de Desenvolvimento de soluções de gestão e Henrique Gaussmann – Analista de Negócio. Especialistas em custos e orçamentos para gestão de infraestrutura de transportes e obras – Softplan Planejamento e Sistemas Ltda
(A3.3- arquivo texto)

 

• A3.4 As Alterações promovidas na legislação referente a Contribuição Destinada à Seguridade Social e seus impactos na elaboração do edital de obras públicas e orçamento estimado
Autor/apresentador: Ronan Alves Costa – Analista de Controle Externo, TCE- RJ
(A3.4- arquivo texto)

 

 


 

Mesa de debates:

Desmonte dos quadros técnicos
Pedro Paulo Piovesan – Ibraop
Alexandre Sarquis e Silvia Gallardo – TCE-SP
Márcio Pernambuco – Crea-SP
Marcos Moliterno – Instituto de Engenharia-SP
Antônio Sérgio Batista – APM-SP
Marli Burato – Fecam-SC

 

 

FECAM Marli Burato

 


 

Divulgações:

Cartilha “Seleção de amostra de auditoria de obras públicas pela Lei de Newcomb-Benford”–  Flávia Ceccato – Auditor Federal de Controle Externo, TCU

 

 

Projeto “A engenharia e o setor público”
Caroline Burtet – Creajr-SC

 

 

Sisnoop – Sistema Nacional de Controle de Obras Públicas
Pedro Jorge Rocha de Oliveira – TCE-SC – Diretor Adm./Técnico do Ibraop

 

Solução Municipal para Gestão de Obras –  Gilsoni Lunardi Albino – Diretor Executivo do Consórcio de Informática na Gestão Pública Municipal – CIGA

 

 


 

Minicursos:

• M1/Turma1. Orçamentação de obras públicas –  Eng. André Pachioni Baeta – Auditor Federal de Controle Externo, TCU – Pres. do Conselho Deliberativo do Ibraop

 

 

M2. Equilíbrio Econômico-financeiro em Contratos de Concessões  – Francisco Anuatti Neto – Dr. e Prof. de Economia da USP – Joe Akiro Yoshino – Dr. e Prof. de Economia da USP

 

 

• M3/Turma 1. Pavimentação de vias públicas  – Eng. Elci Pessoa Júnior –  TCE-PE – Membro do Conselho Deliberativo do Ibraop

 

 

M1/Turma 2. Orçamentação de obras públicas – Luiz  Fernando Ururahy de Souza – Auditor Federal de Controle Externo – TCU

 

 

• M4. Obras de saneamento básico: execução e manutenção Eng. Ivonir Martinelli – L’Art Arquitetura e Engenharia Ltda

 

 

• M3/Turma 2. Pavimentação de vias públicas Eng. Elci Pessoa Júnior – TCE-PE – Membro do Conselho Deliberativo do Ibraop

 

 

• M5. Contratação Integrada no RDC e Semi-Integrada e Obras na nova Lei das Estatais – Eng. Pedro Jorge R. de Oliveira  – TCE-SC – Diretor Adm./Técnico do Ibraop

 

 

• M6. Sobrepreço e superfaturamento em Obras Públicas – Aplicações Práticas da OT IBR 005/2012 – Gustavo Ferreira Olkowski – Auditor Federal de Controle Externo – TCU

 


Artigo não apresentado

 

• Parcerias Público-Privadas – Um Novo Olhar da Auditoria de Obras

 

Veja Também

PUBLICIDADE E NÚMERO DE CONCORRENTES SÃO DETERMINANTES PARA VANTAGEM EM PROCESSO LICITATÓRIO DE OBRAS

Quando sete ou mais empresas concorrem em um processo licitatório, maior o desconto e, consequentemente, a vantagem de contratação...

Continue lendo

TCE E CREA-PR firmam nova parceria para o controle das obras públicas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PR) e o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) firmaram,...

Continue lendo

Ibraop discute projeto de Sistema Nacional de Controle de Obras Públicas

O projeto para a elaboração de um sistema capaz de monitorar obras públicas no país foi discutido e avaliado...

Continue lendo

Workshop rodoviário da Agetop deve reunir mais de 1500 pessoas

Mais de 1.500 participantes são esperados no Workshop Rodoviário 2017, coordenado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop),...

Continue lendo

Resolução aprovada pelo TCE-GO adota as diretrizes de OT do Ibraop

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) estabeleceu parâmetros técnicos mínimos para projetos básicos de obras públicas a serem...

Continue lendo

Certificados do Enaop 2017 já estão disponíveis

Os participantes do Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas – o Enaop 2017 – já podem ter...

Continue lendo

AGENDA DE REUNIÕES – 2018

Para o curso dos trabalhos, foram programadas as seguintes reuniões presenciais para este exercício de 2018: I – Grupo...

Continue lendo

ACORDO DE COOPERAÇÃO E ATOS ADMINISTRATIVOS

Acordo de Cooperação Ibraop x IRB   ATO 02/2013 Dispõe sobre a elaboração, divulgação e capacitação de procedimentos para...

Continue lendo

TRIBUNAIS DE CONTAS ASSOCIADOS AO IBRAOP

  Desde 2006, o Ibraop tem firmado Termos de Cooperação Técnica com Tribunais de Contas, tendo como objetivo principal...

Continue lendo