Laboratórios de asfalto do TCE-GO são destaque em seminário internacional


IBRAOP_MAPUTO5Os laboratórios de pavimentos do Tribunal de Contas do Estado de Goiás estão entre os destaques do Seminário Internacional do Programa de Desenvolvimento de Competências Técnicas e Gerenciais de Fiscalização de Obras Públicas, que será realizado na próxima semana, entre os dias 29 e 31 de maio, em Maputo, capital de Moçambique. O Instituto Brasileiro de Auditorias de Obras Públicas (Ibraop) é co-organizador do evento.

O laboratório móvel de análise asfáltica do TCE-GO tem sido objeto de estudo por parte dos tribunais de contas brasileiros desde sua concepção, em 2012. O TC-DF e o TCE do Mato Grosso desenvolveram, a partir de então, suas próprias técnicas de avaliação de pavimentos e também estarão presentes no seminário internacional. Também estão previstas palestras com representantes dos tribunais de contas do Espírito Santo e Santa Catarina sobre julgamento de processos de auditoria de obras.

laboratorio movelO encontro em Maputo será realizado pelo Tribunal Administrativo de Moçambique e terá como tema “O Controle das Obras Rodoviárias pelos Tribunais de Contas”. Também serão abordados a qualidade de obras rodoviárias, o julgamento dos processos de obras – em especial, a adoção de medidas cautelares e os procedimentos de auditoria de obras rodoviárias elaborados pelo Ibraop.

A experiência do TCE-GO com seus laboratórios de pavimentos será relatada pelos engenheiros Ricardo Souza, Fernando Duarte Barbalho e Tule César Barcellos.

O PAÍS – Moçambique está localizado no sudeste do continente africano. Banhado pelo Oceano Índico, sua capital e a maior cidade é Maputo, onde será realizado o seminário. Anexado ao império português em 1505, o país só foi se tornar independente em 1975. A democracia multipartidária é novidade no país, que realizou suas primeiras eleições em 1994, tornando-se um república presidencial desde então.

Moçambique é dotado de ricos e extensos recursos naturais, com uma economia baseada principalmente na agricultura. A indústria de alimentos, bebidas, produtos químicos, alumínio e petróleo está crescendo e o setor de turismo também se destaca. O Brasil está entre os mais importantes parceiros econômicos.

A língua oficial de Moçambique é o português, que é falado como segunda língua por cerca de metade da população. As línguas nativas mais comuns são o macua, o tsonga e o sena. A população é de quase 30 milhões de pessoas e a religião mais popular é o cristianismo, com presença significativa de seguidores do islamismo. A moeda do país é o Mitical.

FONTE:  Assessoria de Comunicação TCE-GO (Alexandre Alfaix de Assis)

 

Veja Também

TCE E CREA-PR firmam nova parceria para o controle das obras públicas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PR) e o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) firmaram,...

Continue lendo

Ibraop discute projeto de Sistema Nacional de Controle de Obras Públicas

O projeto para a elaboração de um sistema capaz de monitorar obras públicas no país foi discutido e avaliado...

Continue lendo

Workshop rodoviário da Agetop deve reunir mais de 1500 pessoas

Mais de 1.500 participantes são esperados no Workshop Rodoviário 2017, coordenado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop),...

Continue lendo

Resolução aprovada pelo TCE-GO adota as diretrizes de OT do Ibraop

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) estabeleceu parâmetros técnicos mínimos para projetos básicos de obras públicas a serem...

Continue lendo

Certificados do Enaop 2017 já estão disponíveis

Os participantes do Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas – o Enaop 2017 – já podem ter...

Continue lendo

AGENDA DE REUNIÕES – 2018

Para o curso dos trabalhos, foram programadas as seguintes reuniões presenciais para este exercício de 2018: I – Grupo...

Continue lendo

ACORDO DE COOPERAÇÃO E ATOS ADMINISTRATIVOS

Acordo de Cooperação Ibraop x IRB   ATO 02/2013 Dispõe sobre a elaboração, divulgação e capacitação de procedimentos para...

Continue lendo

TRIBUNAIS DE CONTAS ASSOCIADOS AO IBRAOP

  Desde 2006, o Ibraop tem firmado Termos de Cooperação Técnica com Tribunais de Contas, tendo como objetivo principal...

Continue lendo