Diretor do Ibraop palestra sobre boas práticas e desafios das auditorias de obras públicas no 2º Conacon


CONECON_Ibraop2O diretor de Relações Institucionais do Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop), Pedro Paulo Piovesan de Farias, foi um dos palestrantes do 2º Congresso Nacional dos Auditores de Controle Externo, o Conacon. O evento foi realizado entre os dias 8 e 10 de novembro, na sede do Tribunal de Contas de Mato Grosso, em Cuiabá (MT).

 

Pedro Paulo Piovesan de Farias participou do segundo painel, que debateu as “Boa Práticas e Desafios das Auditorias de Obras Púbicas”. A mesa de debates foi comandada pela vice-presidente do Ibraop, Narda Consuelo, e também contou com a participação do Auditor de Controle Externo do TCU, Nivaldo Dias Filho, e do secretário de Controle Externo de Obras e Serviço de Engenharia do TCE-MT, Emerson Augusto de Campos.

 

CONECON_Ibraop3“A própria criação do Ibraop, há 17 anos, é um exemplo de boa prática. Desde então, o controle externo, no tocante às obras públicas, vem sendo aprimorado”, observou Pedro Paulo. Ainda de acordo com ele, o êxito de uma obra está diretamente ligado à precisão do projeto: “Combater a falta de planejamento e a imprecisão dos projetos de engenharia e arquitetura é, com certeza, um dos grandes desafios a serem enfrentados”.

 

Em sua palestra, o diretor do Ibraop ainda citou outros desafios, tais como a edição da nova Lei de Licitações – que, com o advento do Regime Diferenciado de Contratações, diminui a obrigatoriedade do planejamento para simplificar o processo licitatório – e o descumprimento do artigo 45 da Lei de Responsabilidade Fiscal – que prioriza a conclusão das obras paralisadas às novas. “Os gestores precisam entender que as obras públicas são do povo e para o povo, e independem da gestão dele ou do gestor anterior”, explicou.

 

TCU e TCE-MT – Os desdobramentos de investigações conhecidas, como a Operação Lava Jato, contaram com os apontamentos dos auditores do Tribunal de Contas da União: “De forma bem contundente, o TCU fez levantamentos técnicos, desde 2007, em que já se evidenciavam os desvios de recursos públicos na Petrobrás, dados esses que embasaram o trabalho dos procuradores”, informou o auditor do TCU, Nivaldo Dias Filho.CONECON_Ibraop1

 

O auditor Emerson de Campos apresentou as boas práticas da fiscalização de obras e serviços de engenharia no TCE de Mato Grosso: “Além dos monitoramentos e auditorias simultâneas, em breve teremos um laboratório que irá aferir a qualidade das obras públicas. Esperamos ser instrumento de transformação e ajudar o poder executivo a entregar melhores serviços à população.

 

O 2º Conacon reuniu autoridades e especialistas do setor público, da academia e da sociedade civil para discutir temas diversos, tais como as Propostas de Emenda à Constituição que visam um padrão mínimo de organização e funcionamento dos 33 Tribunais de Contas do Brasil, bem como a necessidade de um código nacional para o processo de controle externo e para a implementação da Lei da Ficha Limpa nas cortes de contas.

 

Todas as fotos do 2º Conacon estão disponíveis AQUI!

Veja Também

TCE E CREA-PR firmam nova parceria para o controle das obras públicas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PR) e o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) firmaram,...

Continue lendo

Ibraop discute projeto de Sistema Nacional de Controle de Obras Públicas

O projeto para a elaboração de um sistema capaz de monitorar obras públicas no país foi discutido e avaliado...

Continue lendo

Workshop rodoviário da Agetop deve reunir mais de 1500 pessoas

Mais de 1.500 participantes são esperados no Workshop Rodoviário 2017, coordenado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop),...

Continue lendo

Resolução aprovada pelo TCE-GO adota as diretrizes de OT do Ibraop

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) estabeleceu parâmetros técnicos mínimos para projetos básicos de obras públicas a serem...

Continue lendo

Certificados do Enaop 2017 já estão disponíveis

Os participantes do Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas – o Enaop 2017 – já podem ter...

Continue lendo

AGENDA DE REUNIÕES

2 0 1 7 Para o curso dos trabalhos, foram programadas as seguintes reuniões presenciais para este exercício de...

Continue lendo

ACORDO DE COOPERAÇÃO E ATOS ADMINISTRATIVOS

Acordo de Cooperação Ibraop x IRB   ATO 02/2013 Dispõe sobre a elaboração, divulgação e capacitação de procedimentos para...

Continue lendo

TRIBUNAIS DE CONTAS ASSOCIADOS AO IBRAOP

  Desde 2006, o Ibraop tem firmado Termos de Cooperação Técnica com Tribunais de Contas, tendo como objetivo principal...

Continue lendo