♦ "Inspeções em Pontes Rodoviárias: Caso Prático" foi tema de artigo apresentado por Diretor do Ibraop em 2009

Demonstrar o que foi feito pelo Departamento de Infraestrutura do Estado de Santa Catarina (Deinfra/SC) para verificar a durabilidade e o estado geral das pontes inseridas em rodovias estaduais no Município de Florianópolis. Foi esse o objetivo de estudo feito pelo auditor de Controle Externo do TCE-SC e diretor Financeiro do Ibraop, Alysson Mattje, denominado "Inspeções em Pontes Rodoviárias: Caso Prático".

O trabalho foi selecionado para ser apresentado no ENAOP realizado em 2009, na cidade de São Paulo (SP). Há época, haviam diversos indícios de problemas em relação à manutenção, mais especificamente a ausência de programa específicos para tal, que garantisse a segurança e durabilidade das pontes de Florianópolis.   (Leia +)

.

♦ Necessidade de um Novo Paradigma para Manutenção de Rodovias Pavimentadas

Alertar os colegas da necessidade de se investir um pouco mais de tempo de auditoria na análise do processo de concepção, planejamento, programação e estruturação dos programas de manutenção de rodovias pavimentadas e menos na auditoria das obras executadas. esse foi um dos motivos que levaram os auditores de controle externo do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (TCE-RS), os engenheiros Paulo Ricardo Rodrigues Pinto e Rafael Minuscoli Stolf, a escrever o artigo "Necessidade de um Novo Paradigma para Manutenção de Rodovias Pavimentadas".

O trabalho foi apresentado no XV Simpósio Nacional de Auditoria de Obras Públicas (Sinaop), realizado em Vitória (ES) no ano de 2013. Em comemoração aos seus 20 anos de fundação, o Ibraop entrevistou os autores para que eles e nós possamos reviver essa experiência. Confira:  (Leia +)

.

♦Ibraop entrevista autor de artigo "Novas Possibilidades de Detecção de Colusão em Licitações de Obras de Engenharia"

“Novas Possibilidades de Detecção de Colusão em Licitações de Obras de Engenharia” foi o tema de apresentação feita pelo perito da Polícia Federal Régis Signor, em setembro de 2019, durante o Encontro Nacional de Auditoria de Obras Públicas (Enaop), em Vitória (ES).

Na ocasião, ele explicou que a PF não tinha um método de trabalho específico para combater conluios em 2014, quando surgiu a Operação Lava-Jato. Foi quando o método probabilístico foi desenvolvido, onde o comportamento em conjunto dos concorrentes passaram a ser analisados. Desenvolveu-se o cálculo do comportamento de um grupo de competidores em uma licitação honesta, para então se detectar uma desonesta.  (Leia +)

.

♦ Efeito Barganha e Cotação Fenômenos que Permitem Ocorrência Superfaturamento com Preços Inferiores às Referências Oficiais

"Efeito Barganha e Cotação Fenômenos que Permitem Ocorrência Superfaturamento com Preços Inferiores às Referências Oficiais" foi o tema do artigo técnico  apresentado pelos peritos do Departamento da Polícia Federal (DPF), Laércio de Oliveira e Silva Filho, Marcos Cavalcanti Lima e Rafael Gonçalves Maciel, durante o XIII Simpósio Nacional de Auditoria de Obras Públicas, realizado em 2010 na cidade de Porto Alegre (RS). (Leia +)

.

♦ André Baeta relembra períodos em que presidiu Conselho Deliberativo e auxiliou na edição de Orientações Técnicas do Ibraop em entrevista

O Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas comemora 20 anos de fundação em 2020 e, por esse motivo, tem entrevistado engenheiros colaboradores que participaram dessa história e, portanto, contribuíram com a consolidação técnica do Ibraop. (Leia +)

.

♦ “Aplicações da Lei Newcomb-Benford à Auditoria de Obras Públicas" por Flávia Ceccato Rodrigues da Cunha e Maurício Soares Bugarin"

Analisar preços nas auditorias de obras públicas, muitas vezes, ocupam semanas de trabalho dos auditores de Tribunais de Contas. A Lei Newcomb-Benford é uma ferramenta que, em parceria com a Curva ABC, contribui ao fazer uma seleção mais eficiente dos serviços das planilhas para análise de sobrepreço. (Leia +)

.

♦ “Elci Pessoa Jr. conta como foi participar da edição de Orientação Técnica e de Procedimentos de Auditoria do Ibraop”

Elci Pessoa Júnior é engenheiro consultor do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE-SC), para Auditoria em Obras Rodoviárias e Pavimentação Urbana. É coautor do livro Auditoria de Engenharia, uma contribuição do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), e foi consultor-técnico dos Tribunais de Contas do Distrito Federal (TCDF) e de Mato Grosso (TCE-MT). (Leia +)

.

♦ “Associado fundador relembra a fundação do Ibraop há 20 anos”

André Luiz Mendes é auditor aposentado do Tribunal de Contas da União (TCU) e sócio fundador do Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas, inclusive, já homenageado "por sua competente trajetória profissional e dedicação proficiente na promoção das ações do Ibraop”, durante a realização do Enaop de 2017."(Leia +)

.

♦ “O Efeito Pedagógico de Operações da Polícia Federal: um estudo de caso da Operação Caixa de Pandora”

A avaliação do prejuízo direto à Administração Pública causado pela corrupção é tema de muitos estudos, especialmente em se tratando de obras públicas. Foi por isso que o Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas – o Ibraop – publicou o artigo do engenheiro civil e perito criminal do Departamento da Policia Federal, Alan de Oliveira Lopes, no ano de 2015. (Leia +)

.